COMPARTILHANDO A PALAVRA DE DEUS





NOSSA REDE - VÁRIAS PÁGINAS QUE OFERECE INFORMAÇÃO E EDIFICAÇÃO AOS INTERNAUTAS QUE PASSAM POR AQUI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 22 de maio de 2011

Conselhos para um bom relacionamento

Por Pr.Elias Alves Ferreira


"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." - 1 João 4.8

Para aqueles que desejam um relacionamento duradouro e feliz é importante observar algumas detalhes a respeito. Separamos dez conselhos que se forem seguidas, seguramente, bons frutos serão colhidos.

01 – Ter a certeza do amor. A essência de Deus é o amor. Desta forma, não há substituto para esta virtude. É o alicerce de qualquer união. Uma centelha de amor é suficiente para que se invista numa aproximação maior, por que se multiplica rapidamente. Não se deve confundir amor com atração física ou paixão, que não passa de emoções passageiras.

02 – Ser Cristocêntrico. Relacionamento Cristocêntrico é quando Cristo está no centro. Qualquer união, para ser sólida, deve ser dirigida por Jesus. Através do Senhor conseguimos: A paz, a alegria, o amor, a esperança, a salvação através de sua morte e ressurreição... as promessas Bíblicas! Jesus fez e sempre fará a diferença

03 – Aceitar a pessoa amada como é e não como gostaria que fosse. O desejo é sempre grande de tornar quem amamos do nosso jeito, lendo sempre em nossa cartilha. E, quando tenta-se modelar o (a) companheiro (a), ocorrem os atritos. É preciso uma sintonia, uma adaptação, uma afinidade maior, porém; os limites particulares devem ser respeitados. Para que isto ocorra é necessário esforço e renúncia de ambas as partes. Amem as pessoas como são e elas terminarão como devem ser, afirmou um poeta moderno.

04 – Realizar uma entrega total na esfera do relacionamento. Nada deve ser omitido. O egoísmo deve ser vencido. Tudo que estiver ao nosso alcance deve ser feito. Esta entrega deve ser incondicional, afinal, existimos para tornar a pessoa amada feliz.

05 – Estabelecer uma boa comunicação. O diálogo sempre foi responsável pela durabilidade e qualidade de todos os relacionamentos. Diálogo é uma estrada de duas vias, por onde se transita nos dois sentidos. Tão importante como saber falar é ouvir. Se não for desta maneira não é diálogo mas sim monólogo. Vida sem palavras é triste, palavras sem vida é mais triste ainda, um desperdício.

06 – Impregnar atitudes e palavras com delicadeza. Todas atitudes e palavras no sentido de punir, vingar ou de ferir devem ser evitadas. Tudo pode e deve ser dito, porém; com qualidade, mergulhado, permeado de cuidado. O alvo final deve ser sempre o de aproximação.

07 – Liberar Perdão. Não existem pessoas perfeitas. Assim como nós erramos os outros erram. É preciso compreender com paciência e perdoar. A primeira esfera do perdão é para si mesmo e depois para a pessoa que produziu o erro. Perdoar é dar uma nova oportunidade, recomeçar, soltar o transgressor da prisão. Devemos compreender antes de tudo, que perdão é liberdade interior, imitação de Jesus e a maior prova de humildade.

08 – Respeitar e honrar a quem amamos. Ninguém que se aproxima deixa de presentear-nos algo. E num relacionamento próximo, a pessoa amada é um presente. Então, deve ser aceita, amada, respeitada e honrada. Seja sincero (a) que significa: “transparente” , “leal”, “sem cera”.

09 – Cuidar dos pequenos detalhes. Um grande relacionamento é composto de pequenos detalhes. Data de aniversário e acontecimentos importantes não devem ser esquecidos. Por outro lado, normalmente, grandes coisas não são esperadas, mas sim, pequenos gestos carinhosos.

10 – Semear para o futuro. Nunca sabemos tudo, é preciso investir tempo e emoções. Há sempre coisas novas a aprender. Conheça o máximo sobre relacionamentos interpessoais. Semeie o máximo que puder no presente, para que no futuro, com alegria, possa ter uma grandiosa colheita.
fonte: www.soudapromessa.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOS ACOMPANHE