FACEBOOK


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 22 de maio de 2011

Conselhos para um bom relacionamento

Por Pr.Elias Alves Ferreira


"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." - 1 João 4.8

Para aqueles que desejam um relacionamento duradouro e feliz é importante observar algumas detalhes a respeito. Separamos dez conselhos que se forem seguidas, seguramente, bons frutos serão colhidos.

01 – Ter a certeza do amor. A essência de Deus é o amor. Desta forma, não há substituto para esta virtude. É o alicerce de qualquer união. Uma centelha de amor é suficiente para que se invista numa aproximação maior, por que se multiplica rapidamente. Não se deve confundir amor com atração física ou paixão, que não passa de emoções passageiras.

02 – Ser Cristocêntrico. Relacionamento Cristocêntrico é quando Cristo está no centro. Qualquer união, para ser sólida, deve ser dirigida por Jesus. Através do Senhor conseguimos: A paz, a alegria, o amor, a esperança, a salvação através de sua morte e ressurreição... as promessas Bíblicas! Jesus fez e sempre fará a diferença

03 – Aceitar a pessoa amada como é e não como gostaria que fosse. O desejo é sempre grande de tornar quem amamos do nosso jeito, lendo sempre em nossa cartilha. E, quando tenta-se modelar o (a) companheiro (a), ocorrem os atritos. É preciso uma sintonia, uma adaptação, uma afinidade maior, porém; os limites particulares devem ser respeitados. Para que isto ocorra é necessário esforço e renúncia de ambas as partes. Amem as pessoas como são e elas terminarão como devem ser, afirmou um poeta moderno.

04 – Realizar uma entrega total na esfera do relacionamento. Nada deve ser omitido. O egoísmo deve ser vencido. Tudo que estiver ao nosso alcance deve ser feito. Esta entrega deve ser incondicional, afinal, existimos para tornar a pessoa amada feliz.

05 – Estabelecer uma boa comunicação. O diálogo sempre foi responsável pela durabilidade e qualidade de todos os relacionamentos. Diálogo é uma estrada de duas vias, por onde se transita nos dois sentidos. Tão importante como saber falar é ouvir. Se não for desta maneira não é diálogo mas sim monólogo. Vida sem palavras é triste, palavras sem vida é mais triste ainda, um desperdício.

06 – Impregnar atitudes e palavras com delicadeza. Todas atitudes e palavras no sentido de punir, vingar ou de ferir devem ser evitadas. Tudo pode e deve ser dito, porém; com qualidade, mergulhado, permeado de cuidado. O alvo final deve ser sempre o de aproximação.

07 – Liberar Perdão. Não existem pessoas perfeitas. Assim como nós erramos os outros erram. É preciso compreender com paciência e perdoar. A primeira esfera do perdão é para si mesmo e depois para a pessoa que produziu o erro. Perdoar é dar uma nova oportunidade, recomeçar, soltar o transgressor da prisão. Devemos compreender antes de tudo, que perdão é liberdade interior, imitação de Jesus e a maior prova de humildade.

08 – Respeitar e honrar a quem amamos. Ninguém que se aproxima deixa de presentear-nos algo. E num relacionamento próximo, a pessoa amada é um presente. Então, deve ser aceita, amada, respeitada e honrada. Seja sincero (a) que significa: “transparente” , “leal”, “sem cera”.

09 – Cuidar dos pequenos detalhes. Um grande relacionamento é composto de pequenos detalhes. Data de aniversário e acontecimentos importantes não devem ser esquecidos. Por outro lado, normalmente, grandes coisas não são esperadas, mas sim, pequenos gestos carinhosos.

10 – Semear para o futuro. Nunca sabemos tudo, é preciso investir tempo e emoções. Há sempre coisas novas a aprender. Conheça o máximo sobre relacionamentos interpessoais. Semeie o máximo que puder no presente, para que no futuro, com alegria, possa ter uma grandiosa colheita.
fonte: www.soudapromessa.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Inscreva-se