COMPARTILHANDO A PALAVRA DE DEUS





NOSSA REDE - VÁRIAS PÁGINAS QUE OFERECE INFORMAÇÃO E EDIFICAÇÃO AOS INTERNAUTAS QUE PASSAM POR AQUI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 2 de junho de 2013

ME EXPLICA MELHOR, PAULO...

Por STÉPHANIE VIEIRA
Há algum tempo eu andava encucada sobre aquele versículo que diz: melhor casar do que viver abrasado. Eu sempre via esse texto sendo usado como um incentivo aos casais que já viviam em fornicação para que se casassem logo e "deixassem de pecar", já que não conseguiam dominar seus próprios corpos e estavam ardendo de desejo.

Eu não conseguia concordar com essa idéia; não conseguia acreditar que era isso que Deus queria que entendêssemos com este versículo. 
Penso que ter como motivação principal para o casamento a "incapacidade" de exercitar o domínio próprio sobre a sexualidade arrasta pecados e problemas não tratados para dentro do casamento, o que só pode piorar a situação. Ao mesmo tempo em que eu achava absurda essa interpretação deste versículo, nunca tinha parado para estudar o texto, para saber qual era o real cenário em que essa frase foi dita por Paulo.

Enfim, quando decidi buscar entender o contexto, comecei a ler a passagem de 1 Coríntios 7, onde Paulo fala aos Coríntios da opinião dele sobre o casamento. Foi um alívio conseguir entender a situação em que aquela frase foi dita!
Paulo não estava falando aquilo para jovens que já viviam abrasados, numa vida de fornicação, incentivando-os a se casarem o mais rápido possível, para que ficassem "livres" do pecado sexual.
Pelo contrário, o contexto é o seguinte: ele estava dizendo que, na opinião dele, era melhor que os jovens solteiros, as moças e as viúvas de Corinto permanecessem solteiros, assim como ele, para que pudessem se dedicar exclusivamente a cuidar das coisas do Senhor. Para Paulo, o casamento traria muitas preocupações e responsabilidades que poderiam ser evitadas. 
Mas depois de expor essa opinião própria, ele diz: Se alguém acha que não vai conseguir permanecer solteiro pra sempre, pois não conseguirá conter seu desejo sexual, então é melhor que se case, pois não estou dizendo que o casamento é pecado.
Vejam: 
1 Coríntios 7:7-9 
7: Realmente, eu gostaria que todos fossem como eu. Porém cada um tem o dom que Deus lhe deu: um tem este dom, e outro, aquele (observação minha: aqui ele está dizendo que nem todos tem o dom de permanecer solteiro e conter o desejo sexual, assim como ele). 
8: Aos solteiros e às viúvas eu digo que seria melhor para eles ficarem sem casar, como eu.
9: Mas, se vocês não podem dominar o desejo sexual, então casem, pois é melhor casar do que ficar queimando de desejo. (versão NTHL)
Na versão Almeida Revista e Corrigida, o versículo 9 diz: "Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se."
Ele não estava falando para pessoas que estavam em um relacionamento de namoro e já não estavam possuindo o próprio corpo em santificação e honra (I Tessalonicenses 4:4), ele estava falando para pessoas solteiras e que desejavam fazer a vontade de Deus, ele estava incentivando-as a permanecerem solteiras para que pudessem se dedicar exclusivamente às coisas do alto.
Nesse caso, a expressão "se não podem conter-se" não significa: "se não estão tendo domínio próprio sobre a área sexual no relacionamento de vocês"; mas sim: "se consideram que não conseguirão viver para sempre sem esse vínculo emocional e sexual que o casamento propocorciona", então que se casem. 
Ele não estava tratando de impossibilidade de lutar contra um pecado já instalado, ele estava tratando da possibilidade de conviver com uma tentação eterna. E essa realmente é uma questão que os solteiros devam considerar!
Mais na frente, no versículo 36, ele diz:
Versão NHTL: "Aos que ficaram noivos, mas resolveram não casar mais, eu digo o seguinte: se o rapaz sente que assim não está agindo certo com a sua noiva e acha que a sua paixão por ela ainda é muito forte e que devem casar, então que casem. Não existe pecado nisso."
Versão Almeida Revista e Corrigida: "Mas, se alguém julga que trata dignamente a sua virgem, se tiver passado a flor da idade, e se for necessário, que faça o tal o que quiser; não peca; casem-se."
Aqui, Paulo está falando para pessoas que inclusive já estavam num compromisso de noivado, planejando o casamento, mas que por amor ao Senhor, depois de ouvir aquele ensino, estavam considerando a possibilidade de abrir mão deste relacionamento, para viver totalmente dedicadas a Ele. 
Para essas pessoas ele diz: Se terminar este relacionamento irá gerar um peso muito grande no seu coração, se te fará sofrer demais por abandonar a quem você realmente ama, ou mesmo se você considera que desfazer o relacionamento seria uma desonra para sua noiva que já passou da flor da idade, e seria injusto abandoná-la para que tivesse que encontrar outro marido, então é melhor que mantenham o plano de se casar.
Na verdade, Paulo não estava dando um ensino para pessoas que estavam buscando qualquer brecha na lei para continuarem comodamente fazendo a sua própria vontade.
Pelo contrário: ele estava encorajando pessoas que estavam buscando de todo o coração viverem totalmente dedicadas ao Senhor.

Bem dizia alguém que não lembro quem:
TEXTO fora de CONTEXTO é PRETEXTO pra pecar.
Stéphanie Vieira

2 comentários:

  1. Muito bom seu blog gostei muito os artigos estão excelentes! eu também tenho um site gospel, porém seu blog é show.

    ResponderExcluir

NOS ACOMPANHE