COMPARTILHANDO A PALAVRA DE DEUS





NOSSA REDE - VÁRIAS PÁGINAS QUE OFERECE INFORMAÇÃO E EDIFICAÇÃO AOS INTERNAUTAS QUE PASSAM POR AQUI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A NECESSIDADE DE AFIRMAÇÃO EM CRISTO JESUS


Resultado de imagem para cumprimentos com aperto de mãos
Apocalipse 22:7-21


7 Eis que presto venho. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. 8 E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.  E disse-me: Olha, não faças tal, porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.  10 E disse-me: Não seles as palavras da profecia deste livro, porque próximo está o tempo.  11 Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.  12 E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.  

A aproximação da vinda de Cristo nos mostra um sinal muito claro de afirmação aos princípios de Deus por parte daqueles que tem convicção da sua decisão por Cristo. E uma estagnação dos que preferem a vida de impiedade, preferindo afirmar sua indiferença aos principio Sagrados de Deus. Que sinal é esse? É que o sujo suja-se mais e o santo santifica-se mais. Um crescente conformismo com tudo que é contrario à vontade de Deus. Embora, falamos tanto da degradação do mundo, não podemos negar que existe também uma afirmação muito forte por parte de cristãos verdadeiros em priorizar uma vida de santidade em Cristo Jesus.
11 Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda.  
No versículo 7 de apocalipse 22 há uma afirmação sobre a volta do SENHOR Jesus, ele diz: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.
Os verdadeiros filhos de Deus cumprem com as palavras da profecia do Senhor Jesus.
Essa diferença pode ser observada nos dias atuais.
A separação entre o ímpio e o justo se tornará tão evidente quanto um dia de sol, o joio não será mais confundido com o trigo. A diferença entre um e outro será manifesta. O justo continuará a praticar a justiça mesmo que isso lhe custe muito, mesmo que lhe traga prejuízos, mesmo que lhe custe a vida.
O justo não se conformará com as coisas desse mundo, não estará no “molde” dos padrões desse mundo, não fará acordos para usufruir das coisas do mundo dentro da igreja ou dentro da sua vida, o justo se manterá integro, separado santo, assim como santo é aquele que o chamou.
O justo viverá consciente de que viverá só pela graça até o fim, e de que só a vida de Cristo nele é a sua esperança.
Com a aproximação da vinda do Senhor, muitas coisas estão se definindo.
Os homens estarão tão obstinados que chegarão ao ponto da estagnação no pecado, não sentirão o mínimo desejo de reconhecer os seus erros e buscarem mudança.
O ímpio só se dedicará a impiedade. Talvez seja por isso que estamos vivenciando nesses últimos dias tantas coisas horríveis no mundo inteiro. As pessoas perplexas, com o sentimento de que não terá mais jeito, que as coisas estão caminhando daqui para pior. A sensação é de impunidade, que ninguém paga pelos erros cometidos e como consequência disso vem também o desejo de fazer justiça com as próprias mãos. O que isso lhes parece? Para mim é o claro sinal de que a volta de Cristo está cada vez mais perto.
Os dois lados da moeda. De um lado há uma tristeza pelo endurecimento dos corações que não querem dar lugar para que a palavra de Deus os transforme. Mas por outro lado, há uma certa alegria, ou melhor! Uma tranquilidade, por saber que o mal não atingirá os que optarem pelo caminho do Senhor. Isso porque estes estão avançando em sua santificação e não para a injustiça. A cada dia que passa as coisas se tornam mais claras como a luz da aurora, como diz Provérbios 4:18: Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. E é por isso que em 1 Coríntios 13:9,10,  também diz: “porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos. Mas, quando vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado”. Haverá um dia em que independente da vontade de homens a vontade do Senhor se tornará plena em todos os sentidos, por que tudo que é imperfeito será desfeito para sempre.
Para os que servem a Deus com convicção, a luz da palavra do Senhor ilumina suas mentes para diferenciar entre o certo e o errado, entre o ímpio e o justo com muita facilidade. Enquanto os que optam pela sujeira do pecado vão cada vez mais se afirmando na injustiça e se contentando com sua condição, indo de mal a pior. Os que se afirmam em Cristo Jesus tem outro destino. Apocalipse deixa isso bem claro. Vamos reler o texto base? Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda”.  Afirmem que Jesus Cristo é o Senhor da sua vida, não se deixe estagnar no conformismo desse mundo, afirme e reafirme todo dia que Jesus Cristo é o Senhor, santidade nunca é de mais, se você é santo, santifique-se ainda mais.
Agostinho disse: “eu me confesso ser do número daqueles que, aprendendo, escrevem, e escrevendo aprendem”. Do número dos quais somos nós? Vamos continuar no numero daqueles que um dia ouvindo a palavra de Deus, aprenderam e aprendendo-a escreveram-na na tábua dos céus corações para viverem.

Carlos Azevedo é pastor na Convenção Ba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NOS ACOMPANHE